Colheita da soja no RS evolui e estiagem segue sendo problema

Levantamento da Emater mostra que percentual chega a 39%, com prejuízos variados em volume e qualidade do grão

Djonatan Coppetti / Arquivo Pessoal
Dificuldade se mantém porque ausência de precipitação em boa quantidade e regular não estanca perdas nas lavourasDjonatan Coppetti / Arquivo Pessoal

colheita da soja no Rio Grande do Sul atingiu 39% da área total cultivada, segundo levantamento semanal da Emater. Enquanto os trabalhos avançam, a falta de chuva regular segue sendo um problema para volume e qualidade do grão.

– Todo dia que passa, a dificuldade aumenta porque a chuva ocorre de forma pontual, em baixo volume, sem estancar a situação que estamos vivendo – observa Alencar Rugeri, diretor técnico da Emater.

Ele relata ainda grande variabilidade de rendimento nas lavouras do Estado, com perdas acentuadas em alguns pontos e menores dificuldades em outros.

Presidente da Associação dos Produtores de Soja do Estado, Décio Teixeira acrescenta ainda a dificuldade para a produção de sementes. E reforça a preocupação com a manutenção do fluxo da safra. A entidade entregou documento solicitando liberação da abertura de estabelecimentos relacionados à atividade como, por exemplo, lojas de reposição de peças e oficinas de máquinas.

GISELE LOEBLEIN

Fonte: Zero Hora

Nenhum comentário

Envie seus comentários sobre o assunto acima.!

» Envie seu comentário sobre o assunto acima




Veja Também: