CNA SENAR ICNA FCNA – Fundos para o desenvolvimento sustentável serão apresentados no Agro em Questão

Brasília (11/09/2018) – O seminário Agro em Questão, que ocorre nesta quarta (12) na sede da CNA, vai abordar os recursos disponíveis para os países se adaptarem às mudanças climáticas.

Durante o painel “Fundos internacionais, setor público e produtores rurais: parcerias para o desenvolvimento sustentável da agropecuária no Brasil” serão discutidas estratégias para atrair investimentos com esse objetivo.

Segundo o assessor técnico da Superintendência de Relações Internacionais da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Thiago Masson, os chamados fundos multilaterais são as principais fontes de recursos financeiros para auxiliar países em desenvolvimento a se adaptarem aos efeitos das mudanças climáticas.

“São mecanismos fundamentais para alcançarmos o compromisso global de mobilizar US$ 100 bilhões anuais até 2020”, afirmou.

Um dos destaques do debate será o Fundo Verde do Clima (GCF, sigla em inglês). Conforme o representante da Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério da Fazenda, Érico Rocha, trata-se do maior fundo global para a redução das emissões de gases de efeito estufa e adaptação aos impactos das mudanças climáticas nos países em desenvolvimento. São mais de US$ 10 bilhões em recursos (30% já estão destinados a projetos) e 194 países envolvidos.

“A ideia é mostrar que esse fundo está disponível e que o Brasil tem potencial para acessar os recursos. No entanto, é preciso apresentar projetos bem construídos e que possam promover uma mudança de paradigma”, disse Rocha.

Os outros dois painéis do Agro em Questão serão sobre “Os desafios das mudanças climáticas para a produção de alimentos: a cooperação entre agricultores brasileiros e organizações internacionais” e “Preservação ambiental e competividade agropecuária: parcerias entre produtores rurais e a sociedade civil organizada”.

O tema principal do evento será cooperação internacional e desenvolvimento rural sustentável.

Assessoria de Comunicação CNA

Fonte : CNA