CNA prevê que receita do campo vai crescer 5% no ano

WILSON DIAS/ABR/JC

Kátia Abreu explica avanço com aumento da demanda externa

Kátia Abreu explica avanço com aumento da demanda externa

O Valor Bruto da Produção (VBP) do setor agropecuário deve crescer 5,3% neste ano e atingir R$ 351,7 bilhões, ante os R$ 333,96 bilhões registrados no ano passado. A previsão é da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que nos cálculos considera as estimativas para a produção de grãos e fibras na safra 2011/2012 e os preços médios no mercado.
O destaque é o crescimento esperado de 11,2% no faturamento do setor pecuário neste ano, que deve atingir R$ 146,3 bilhões. No ano passado, o faturamento do setor ficou em R$ 131,5 bilhões. A presidente da CNA, senadora Kátia Abreu (PSD-TO), explica que o crescimento se deve ao “aumento da demanda externa e a possibilidade de o Brasil ampliar sua participação no mercado mundial de carne bovina, devido ao encarecimento do preço da arroba nos Estados Unidos”.
Já o valor da produção da agricultura deve crescer apenas 1,5% neste ano, para R$ 205,42 bilhões. Em 2011, a renda da agricultura ficou em R$ 202,41 bilhões. Os técnicos da CNA atribuem o baixo crescimento às perdas de safra provocadas pela estiagem e às dificuldades de recuperação da economia mundial, que desaquece o mercado de commodities e pressiona os preços dos produtos agrícolas.
A CNA divulgou ontem a projeção do Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro. O levantamento relativo a janeiro, feito pela CNA em parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, projeta recuo de 0,11% do PIB do agronegócio neste ano.
O estudo da CNA sobre o valor da produção relata que, apesar de a demanda interna por carne bovina estar menos aquecida, a possibilidade de o Brasil elevar sua participação nas exportações mundiais, devido ao encarecimento da arroba nos Estados Unidos, tem sustentado os preços no mercado interno, que permanecem 3,8% acima dos recebidos no mesmo período de 2011. “Assim, o valor bruto da carne bovina poderá chegar a R$ 60,2 bilhões, em 2012, o que representa um crescimento real de 6,3% em relação a 2011.”
Os técnicos da CNA destacam também a “boa fase” da avicultura. “Com os preços de mercado 18,5% acima dos registrados para o mesmo período de 2011, o setor deverá atingir um faturamento bruto de R$ 40,8 bilhões que, comparado aos R$ 33,7 bilhões ganhos em 2011, representa um crescimento de 20,9%.”

Fonte: Jornal do Comércio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *