CNA Jovem conclui fase estadual neste final de semana

O Rio Grande do Sul irá conhecer neste final de semana os melhores colocados na fase estadual do Programa CNA Jovem. No sábado, a partir das 8h30 no Hotel Continental, o encontro decisivo anunciará os quatro selecionados dos 16 desafios trabalhados durante a iniciativa, propondo soluções a demandas do campo e do agronegócio gaúcho. Criado pelo Sistema Farsul em conjunto com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o programa tem como objetivo o desenvolvimento de novas lideranças para o meio rural e o Brasil.

Antecedendo a decisão, durante toda a sexta-feira será realizada uma oficina de oratória dirigida aos participantes. Coordenada pela fonoaudióloga Patrícia Cáceres, a atividade trabalhará diferentes pontos entre técnicas de expressão e de discursos em público, ferramentas consideradas importantes na construção de lideranças.

Ao longo do programa, iniciado no RS em maio, os jovens participaram de uma série de atividades presenciais e remotas com a orientação de instrutores oriundos da primeira edição da iniciativa. Seguindo uma metodologia específica, o trabalho inclui detalhamento dos desafios propostos, descrição dos objetivos e os resultados esperados. A partir disso, foram elaborados os planos de ação para cada proposta, analisando a demanda em pauta e o que se precisa para atendê-la. Em paralelo, foram abordados conceitos de lideranças.

Na manhã do sábado, após o anúncio final, os melhores pontuados da fase estadual irão apresentar seus projetos a membros da diretoria do Sistema Farsul. Os quatro primeiros colocados irão representar o Estado na fase nacional do CNA Jovem, que ocorre entre os meses de julho e novembro em Brasília.

Sobre o CNA Jovem

O CNA Jovem é realizado no Rio Grande do Sul em parceria com o Sistema Farsul e Sindicatos Rurais. A iniciativa é dirigida para jovens com idade entre 22 e 30 anos, formação superior e que já tenham liderado algum tipo de ação em suas regiões de origem. Durante a capacitação, os participantes são instigados a trabalhar sobre questões de relevância para o segmento rural e à sociedade. Todos eles foram selecionados através de processo seletivo, que avaliou seus vídeos encaminhados onde apresentavam propostas e soluções a demandas de suas regiões de origem.

Fonte: Imprensa Sistema Farsul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *