CNA debate políticas para alavancar o setor cafeeiro

Brasília (04/07/2019) – A Comissão Nacional do Café da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reuniu na quinta (4) para discutir políticas de garantia de renda dos cafeicultores, os custos de produção levantados pelo Projeto Campo Futuro em 2019 e as principais conquistas obtidas no Plano Agrícola e Pecuário 2019/2020.

De acordo com o presidente da Comissão, Breno Mesquita, o setor produtivo está trabalhando para desenvolver ferramentas e mecanismos para amenizar os efeitos da queda constante do preço e do endividamento do setor cafeeiro.

“O produtor precisava de ações de médio e longo prazo para produzir com tranquilidade e gerar renda e riqueza para o país. Então a CNA, junto ao governo, elaborou uma proposta para que o problema seja resolvido, porém estamos aguardando melhor momento para operacionalização”.

Durante a reunião, também foram debatidos os principais pontos do PAP 2019/2020 para o setor cafeeiro. Um deles foi a ampliação dos recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé).

“O financiamento para o custeio aumentou 18% em relação ao Plano anterior. Já para estocagem, houve um acréscimo de 5% nos recursos”, afirmou o assessor técnico da CNA, Maciel Silva.

Segundo ele, outras medidas importantes para o setor foram a publicação do decreto que regulamenta o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (ZARC), recursos de R$ 1 bilhão para a Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural e flexibilização para captação de recursos no exterior.

Os dados dos custos de produção dos cafés arábica e conilon, levantados pelo Projeto Campo Futuro da CNA em 2019, também foram destacados.

Por fim, o grupo definiu o posicionamento do setor produtivo para o ll Fórum Mundial de Produtores de Café, que acontecerá nos dias 10 e 11 julho, em Campinas (SP). O objetivo é que os anseios da cafeicultura brasileira sejam defendidos internacionalmente.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
Foto: Tony Oliveira
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Fonte : CNA

Compartilhe!