CNA apresenta propostas para o Plano Safra à Bancada Ruralista no Congresso

Entre as medidas, estão ações para reduzir a taxa de juro e ampliar as fontes de financiamento para o setor

REDAÇÃO GLOBO RURAL

19 MAI 2020 – 14H48 ATUALIZADO EM 19 MAI 2020 – 14H49

Safra - Com clima favorável e maquinário de alta tecnologia, os agricultores plantaram mais rápido este ano  e esperam ter uma produtividade elevada  (Foto: Sergio Ranalli ou José Medeiros)

(Foto: Globo Rural)

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) apresentou, em videoconferência, as propostas para o Plano Safra 2020/2021 aos deputados e senadores que fazem parte da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) no Congresso.

Entre as medidas, elaboradas junto com federações de agricultura e pecuária nos Estados, sindicatos rurais, produtores e associações setoriais, estão ações para reduzir a taxa de juro e ampliar as fontes de financiamento para o setor.

“Estamos pleiteando um equilíbrio, uma forma de reduzir as taxas de juros pagas pelos produtores e pelo governo. O dinheiro que sobrar poderá ser direcionado para o seguro rural, de uma maneira mais robusta, como algo em torno de R$ 4 bilhões nos próximos anos. Com isso, teremos um seguro rural mais próximo do padrão internacional”, afirmou o vice-presidente da Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA, Antônio da Luz.

Na apresentação, também foram discutidas outras medidas propostas, como aumentar a transparência sobre as exigências das instituições financeiras nas concessões de crédito rural e garantir orçamento de R$ 13,5 bilhões em 2021 para a subvenção econômica em equalização de taxa de juros e de R$ 1,6 bilhão para a subvenção econômica ao prêmio do seguro rural.

“Precisamos de unidade. Juntar toda a FPA, a CNA e os governos para avaliar quais são as alternativas possíveis para a diversificação de crédito. Temos que buscar uma opção para fugir dos grandes bancos. Hoje, eles estão confortáveis e sabem que vão lucrar sempre”, declarou o presidente da FPA e deputado federal Alceu Moreira (MDB/RS).

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *