CMN reduz juros em operações de crédito rural do Funcafé

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nesta quinta-feira, 27, em reunião ordinária, a redução das taxas de juros a serem aplicadas às operações de crédito rural ao amparo do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé).

Além disso, reduziu a remuneração do fundo em 0,75 ponto percentual, para incentivar a produção e comercialização do café. Conforme o Ministério da Economia, a linha de crédito voltada para custeio, comercialização, FAC cooperativas e recuperação de cafezais teve a taxa de juros reduzida de até 6,0% ao ano para até 5,25% ao ano. A linha voltada para FAC demais tomadores e capital de giro para indústrias passou de até 7,5% ao ano para até 6,75% ao ano. Já a remuneração do Funcafé foi de 3% ao ano para 2,25% ao ano.

Por Estadão Conteúdo

Fonte : Canal Rural

Compartilhe!