CMN aprova novo preço mínimo para a caixa da laranja colhida no país

Julio Bittencourt/Valor / Julio Bittencourt/Valor
Produção de laranja em São Paulo: no mercado, preços estão abaixo do custo

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou ontem a proposta que fixa o preço mínimo da laranja em R$ 10,10 por caixa de 40,8 quilos. Em agosto do ano passado, o mesmo valor foi fixado, e em dezembro o benefício foi estendido até março.

Produtores da fruta de São Paulo, Estado que reúne o maior parque citrícola do mundo, pressionavam pela inclusão da commodity na Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM) para ajudar a elevar as cotações.

No mercado spot de São Paulo, a caixa de laranja destinada às indústrias de suco vem sendo negociada por volta de R$ 7,80, de acordo com levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (Cepea/Esalq), valor inferior aos custos médios de produção da fruta no Estado.

O preço mínimo fixado no ano passado foi a base para os arremates realizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) por meio dos leilões de Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) e de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro).

O governo agiu para elevar o preço do produto no mercado, que caiu de forma acentuada. Nos 11 leilões realizados pela Conab, o governo bancou subsídios de R$ 4,48 a caixa, em média. À época, o preço pago ao produtor pela caixa chegou a R$ 6.

Para os citricultores, a realidade mudou pouco desde 2012. Depois de duas supersafras seguidas, os estoques de suco brasileiro cresceram e o movimento se refletiu nos preços pagos pelas indústrias aos citricultores. Mesmo com valorizações do suco na bolsa de Nova York neste ano, a pressão perdurou.

© 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3324346/cmn-aprova-novo-preco-minimo-para-caixa-da-laranja-colhida-no-pais#ixzz2jOM1PQug

Fonte: Valor | Por Tarso Veloso | De Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *