CMN aprova novas resoluções

O aumento dos custos de produção levou o Conselho Monetário Nacional (CMN) a aprovar, na quinta-feira, o novo preço mínimo do café para a safra 2008/09. O piso para o arábica passa de R$ 211,75 para R$ 261,69 por saca de 60 quilos. O robusta terá reajuste de R$ 124,40 para R$ 156,57 por saca. O CMN também aprovou a extensão, para 30 de setembro, dos prazos de contratação de crédito nas linhas de refinanciamento de CPRs vencidas até 2007 (R$ 300 milhões) e de recuperação de lavouras atingidas por granizo (R$ 90 milhões). O CMN aprovou, ainda, a ampliação da cobertura do seguro rural oficial (Proagro). Veja a seguir as Resoluções.

RESOLUÇÕES DO BANCO CENTRAL DE 30 DE ABRIL DE 2009

acomplia pill align=”justify”>Clique no título da resolução para abrí-la

RESOLUCAO 3.719

Dispõe   sobre   o  recebimento   da
receita  de exportação e  dá  outras
providências.  

  
buy generic drugs style=”font-family: Arial;”>RESOLUCAO 3.721
Dispõe  sobre  a  implementação   de
estrutura de gerenciamento do  risco
de crédito. 
 
Dispõe  sobre a linha de crédito  ao
amparo  de  recursos  do  Fundo   de
Defesa    da    Economia    Cafeeira
(Funcafé),       destinada        ao
financiamento   da  recuperação   de
lavouras de café afetadas por  chuva
de  granizo e concede novo prazo  de
contratação  da  Linha  Especial  de
Crédito   para   financiamento    da
aquisição   de  Cédula  de   Produto
Rural (CPR).
 
Altera as condições do Programa  de
Garantia  da Atividade Agropecuária
(Proagro)   a   partir   da   safra
2009/2010.
  

Fonte: Valor Econômico e Banco Central do Brasil