CMN aprova linha especial de crédito para agricultores familiares no Norte e Nordeste

Valor será destinado aos produtores afetados pelas chuvas e seca

Diogo Zanatta

Foto: Diogo Zanatta / Especial

Seca prejudicou agricultura e pecuária no Nordeste

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou em reunião extraordinária nesta quarta, dia 30, a criação de uma linha especial de crédito para custeio para agricultores familiares enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O crédito novo será destinado aos produtores prejudicados pelas chuvas na região Norte e pela seca no Nordeste do Brasil.
De acordo com o voto publicado pelo CMN, o crédito emergencial é destinado aos agricultores dos municípios em que foi decretada situação de emergência ou de estado de calamidade pública pelos problemas climáticos. Pelo voto aprovado, os recursos serão destinados ao custeio agrícola e pecuário.
O limite de financiamento por produtor será de até R$ 12 mil, conforme o perfil dos produtores rurais no Pronaf. O juro será de 1% ao ano e haverá um desconto por pagamentos em dia, o chamado bônus de adimplência, de 40% sobre o valor de cada parcela paga até a data do vencimento. O crédito deverá ser pago em até cinco anos, sendo que há carência no primeiro ano da operação. Produtores interessados têm até 30 de dezembro de 2012 solicitar o crédito nas instituições financeiras.

Fonte: Ruralbr | Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *