CÂMBIO – Dólar sobe 1% com expectativa para aprovação da reforma da Previdência

O presidente da República, Jair Bolsonaro, deve aprovar o texto das mudanças até o terceiro trimestre de 2019; saiba mais

notas de dólar espalhadas em círculoFoto: Pixabay

O dólar comercial fechou esta quarta-feira, dia 13, em alta de 1,05% no mercado à vista, negociado a R$ 3,7530 para venda. A moeda norte-americana reagiu ao movimento de proteção e correção técnica no mercado doméstico com notícias relacionadas a reforma da Previdência, que deve ser aprovada até o terceiro trimestre.

“Isso afasta as chances de o Brasil conquistar o grau de investimento ainda esse ano”, comenta o diretor da corretora Mirae, Pablo Spyer.

A agência de classificação de risco Moody’s aposta que a reforma da Previdência só será aprovada a partir do terceiro trimestre deste ano e com proposta muito “diluída”, gerando economia inferior a R$ 600 bilhões no período de uma década.

“Isso seria negativo para a nota de crédito do país, pois o valor é bem abaixo do que estimado pelo ministro da Economia”, dizem analistas da Safras & Mercado. Paulo Guedes falava em economia de R$ 1 trilhão neste período.

Ao longo da sessão, a moeda norte-americana renovou máximas sucessivas, ficando acima do nível de R$ 3,76 também em movimento de correção, segundo o diretor de uma corretora nacional, após a forte alta no pregão de terça-feira (-1,30%, a R$ 3,7140).

Nesta quinta-feira, além da reforma da Previdência seguir no radar do mercado doméstico após a alta hospitalar do presidente Jair Bolsonaro no início da tarde, o que deve contribuir para avanços da pauta, investidores acompanharão as notícias lá de fora, como os avanços nas tratativas comerciais entre Estados Unidos e China.

Por Agência Safras

Fonte : Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *