Câmbio corrói ganho na exportação, atesta Cepea

Os preços em dólar dos produtos exportados determinaram o forte incremento da receita das exportações brasileiras do agronegócio em 2011, confirma estudo do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (Cepea/Esalq) divulgado na sexta-feira.

Assinado por Geraldo Sant’Ana de Camargo Barros, professor titular e coordenador científico do Cepea, e pela pesquisadora Andréia Cristina de Oliveira Adami, o trabalho mostra que os preços dos embarques subiram, em média, 26,7% em relação ao ano anterior, enquanto o volume cresceu 1,87%. Segundo compilação do Cepea, as exportações nacionais do setor renderam US$ 88,9 bilhões em 2011, 25% mais que em 2010.

  

"Desde 2009, vencida a primeira etapa da crise financeira, as médias anuais dos preços em dólares têm crescido continuamente, atingindo pico de valorização em 2011, 131% acima dos preços de 2000, ano em que os preços externos dos produtos agropecuários encontravam-se demasiadamente baixos", diz o texto.

O estudo também mostra que, em virtude da valorização do real em relação ao dólar no ano passado (19,2%), os preços das exportações em moeda brasileira – o que o Cepea classifica como atratividade das exportações nacionais – aumentaram, em média, apenas 0,5% no ano passado em relação a 2010.

Mais em www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: Valor |

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.