CLIMA – Soja Brasil: temperaturas baixas podem trazer geadas e até neve nos próximos dias

Segundo a meteorologia, as temperaturas irão cair bastante até o fim de semana nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Confira a previsão do tempo!

Foto: Imagens Mycchel Legnaghi / São Joaquim Online

Uma massa de ar polar vai derrubar as temperaturas e trazer a primeira grande onda de frio deste inverno. Os meteorologistas acreditam que possa ser a mais forte em seis anos. A regiões mais afetadas serão o Sul, Sudeste e a parte sul do Centro-Oeste. Há inclusive previsão de geadas em algumas áreas agrícolas, além da possibilidade de neve entre sexta-feira, dia 5, e sábado, dia 6, no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

SUL

A região é a primeira a receber esta forte onda de frio. As menores temperaturas desta terça-feira, dia 2, devem ser registradas no sul do Rio Grande do Sul, ali próximo a Uruguaiana, que pode registrar até 6°C. Na quarta o frio avança cobrindo quase todo o estado gaúcho e chegando a Santa Catarina. No dia seguinte os termômetros baixam ainda mais, chegando a ficar negativo em alguns municípios mais altos. O sábado deve ser o ápice desta onda de frio, com mínimas previstas de -1°C em Cascavel; de -3°C em Guarapuava e Ponta Grossa; 3°C em Maringá e Paranavaí; e 2°C em Londrina.

Já as chuvas devem atingir as três regiões nos próximos dias. Nesta quarta os maiores acumulados ficam restritos entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, com até 30 mm, sendo que também chove no Paraná, mas menos. Na quarta ainda com muitas precipitações nos três estados, mas são os paranaenses que terão mais volumes, com até 30 mm. Na quinta ainda chove nos três estados, mas é só o Paraná que pode ter tempestades. A partir daí o tempo firme volta a predominar.

SUDESTE

Na região o frio começa a chegar com maior intensidade na sexta-feira, dia 5, mas as menores temperaturas devem ser registradas no sábado. Alguns municípios podem registrar até geadas nas áreas agrícolas, sendo 2°C e 4°C nos municípios paulistas de Assis, Ourinhos e Avaré.

Em São Paulo as chuvas chegam a partir desta próxima terça, mas ganham intensidade na quarta e quinta-feira com volumes diários de até 18 mm em alguns municípios. Em MInas Gerais, nada de precipitações, pelo menos nas áreas agrícolas.

CENTRO-OESTE

Assim como no Sudeste, o frio no Centro-Oeste só atinge o seu ápice em meados de sexta ou sábado. A temperatura mínima deve chegar a 3°C no sul de Mato Grosso do Sul.

Também é este estado o único a ter previsões de chuvas nos próximos dias com acumulados de até 20 mm por dia em alguns municípios.

NORDESTE

A terça-feira tem chuva em todo o litoral do Nordeste e tempo firme em áreas do interior, com temperaturas bastante elevadas entre o sul do Maranhão e do Piauí e umidade baixa.

Instabilidades aumentam na região Nordeste a partir de quarta-feira e a chuva aos poucos avança para áreas do interior da região. Na quarta-feira, as pancadas atingem todo o Ceará, RIo Grande do Norte, Paraíba, Sergipe e Alagoas e quase todo Pernambuco. Nas demais áreas, tempo firme.

Quinta-feira a área de chuva aumenta ainda mais e só o sul do Maranhão e do Piauí e parte da Bahia seguem com firme.

A área de chuva segue aumentando nos dias seguintes e volta a chover no sul da Bahia, com a chegada da frente fria no sábado. A temperatura entra em queda nos dias seguintes em diversos municípios baianos.

NORTE

Terça-feira com pancadas de chuva distribuídas entre o norte do Amazonas e do Pará, além de
Roraima e Amapá. Na faixa que vai do Acre ao Tocantins, tempo firme e muito calor. A chuva retorna ao Acre e ao norte de Rondônia na quarta-feira, na forma de pancadas de chuva. Também chove no Amazonas, Roraima, Amapá e em grande parte do Pará.

Tempo firme apenas no sul de Rondônia, sul do Pará e no Tocantins. Palmas continua entre as Capitais mais quentes do país, com máxima em torno de 35°C. Na quinta-feira, previsão de pancadas de chuva em todos os Estados da Região Norte. Apenas o sul de Rondônia e do Tocantins escapam.

Na sexta-feira, o tempo abre na faixa norte da Região Norte e a chuva dá trégua a cidades como Belém, Boa Vista e Macapá, entre outras. Porém, ainda chove no Acre, em Rondônia e em parte do Amazonas e do centro-sul do Pará. No fim de semana, o destaque é a friagem, nome dado quando o frio da massa de ar polar alcança a Região Norte. Rio Branco e Porto Velho registram forte queda da temperatura no sábado e no domingo, respectivamente, com possibilidade de recordes de frio em ambas as Capitais.

Por Daniel Popov, de São Paulo

Fonte : Canal Rural

Compartilhe!