CLIMA | El Niño preocupa arrozeiros

Com colheita praticamente finalizada e produção aquém do inicialmente projetado – a safra deve fechar em 8,1 milhão, 400 mil toneladas abaixo do previsto pelo Irga – a Federarroz se articula para evitar uma quebra de produtividade maior na próxima safra, em função do El Niño.

Segundo o presidente Henrique Dornelles, a entidade irá preparar material para orientar produtores sobre como proceder para atenuar os riscos do fenômeno climático. ‘A orientação é para que evitem o cultivo em áreas baixas, mais propensas a inundações. Também é recomendável que antecipem o preparo do solo e que optem pela variedade mais adequada, aquela que é menos suscetível a variações climáticas’, disse. Mais caras, as variedades de ciclo longo e alto potencial produtivo são apontadas entre as mais adequadas para o momento.

Consultor em meteorologia do Irga, Glauco Freitas disse que estudo irá identificar a intensidade do fenômeno neste ano. ‘É um fenômeno que age mais na primavera. Então, por enquanto, a orientação é para que aproveitem o inverno para irem preparando o solo.’

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *