CLIMA – Chuva perde força a partir de amanhã no Rio Grande do Sul

Queda de granizo foi intensa no município de Santo Antônio do Palma

Queda de granizo foi intensa no município de Santo Antônio do Palma

Os novos temporais que avançam pelo Estado deixaram estragos em mais municípios entre a noite de segunda e terça-feira. A queda de granizo afetou especialmente as regiões Norte, Central e dos vales do Rio Pardo e do Taquari. Algumas das localidades já estavam listadas pela Defesa Civil, mas as cidades de Três Coroas e São Domingos do Sul, que ainda não tinham registrado ocorrências, também foram atingidas.

A maior parte dos danos diz respeito a destelhamentos parciais de residências e alagamentos. Em Santo Antônio do Palma, danos devido à forte queda de granizo foram relatados e, em Dilermano de Aguiar, um motorista de ônibus escolar sofreu uma descarga elétrica e morreu. Os afluentes das bacias do Jacuí, do Caí, do Gravataí e do Guaíba seguem sendo monitorados.

Até agora, 81 municípios e 6.158 residências foram atingidas. No total, há 604 pessoas desalojadas e 198, desabrigadas. As famílias que não retornaram às residências aguardam a estabilização do nível dos rios. São Sebastião do Caí, Bom Princípio, Pareci Novo, Liberato Salzano, Pantano Grande, Montenegro, Ernestina, Getúlio Vargas, Vila Maria e Catuípe já registraram o decreto de situação de emergência junto ao sistema da Defesa Civil. Entre as rodovias, o quilômetro 174, na BR-116, em Nova Petrópolis, continua totalmente interditado, uma vez que a pista cedeu devido à chuva.

A Defesa Civil afirma que a chuva está moderada, mas é possível que se intensifique hoje, com volumes significativos. Uma massa de ar frio ingressará ao longo do dia, e, a partir de amanhã, a chuva perderá força.

Em Porto Alegre, equipes da Defesa Civil continuam atuando nas ilhas para auxiliar as famílias que ainda não voltaram para casa. O nível do Guaíba segue em baixa. Segundo a meteorologista Estael Sias, do Sistema Metroclima, há previsão de chuva forte para hoje, com risco de temporais. Amanhã, a chegada de um vento frio mudará a sensação térmica, mas, na sexta-feira, o tempo abre e haverá predomínio de ar seco e de sol.

DEFESA CIVIL/DIVULGAÇÃO/JC

Fonte : Jornal do Comércio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *