Chuvas e sobrecarga de terminais nos portos prejudicam exportações de café, diz CeCafé

Três primeiros meses da safra 2012/2013 registraram queda de 12,4% no volume vendido

AP Photo/ David McFadden

Foto: AP Photo/ David McFadden

Vendas registraram queda no início da safra 2012/2013

O ano safra 2012/2013 registrou em seus três primeiros meses queda de 12,4% no volume de café exportado em relação ao apurado no mesmo período da safra anterior, totalizando 6.940.954 sacas exportadas. A receita apresentou queda de 33,9% em seu desempenho, fechando em US$ 1,427 bilhão.  As informações são do Balanço das Exportações divulgado nesta segunda, dia 8, pelo CeCafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil).
No mês de setembro, houve um declínio de 24,3% no volume de café exportado em relação ao contabilizado no mesmo mês do ano passado, fechando em 2.222.799 sacas. A receita também registrou uma redução de 44,3% quando comparada à de setembro de 2011, chegando a US$ 461,011 milhões.
Guilherme Braga, diretor-geral do CeCafé, afirma que “essa redução nas exportações podem ser atribuídas a duas variáveis. A primeira delas é que a safra 2012/2013 sofreu um atraso no fluxo do preparo e entrada do produto no mercado por conta das chuvas nas regiões produtoras. A segunda é que, a greve dos fiscais aduaneiros acabou comprometendo a capacidade dos terminais e o acúmulo da cargas importadas, tornou mais lenta a saída do café e outros produtos para os países de destino.”
De acordo com o relatório, 83% do café exportado até o mês de setembro de 2012 foi da variedade arábica, 12% de solúvel, 4,8% de robusta e 0,2% de torrado & moído.
O Balanço das Exportações mostra ainda que, no somatório dos três trimestres de 2012, o principal mercado importador foi a Europa, responsável pela compra de 53% do total embarcado do produto brasileiro. A América do Norte adquiriu 21% do total de sacas exportadas, a Ásia, 19% e a América do Sul, 5%.

RURALBR, COM INFORMAÇÕES DO CECAFÉ

Fonte: Ruralbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *