Chuva ajuda o arroz e alerta o trigo

A chuva da madrugada de segunda-feira trouxe alento em Uruguaiana. Com as lavouras semeadas, arrozeiros aguardavam precipitação para ajudar na emergência das plantas e garantir nível de reservatórios. Segundo Walter Arns, que terminou o plantio no sábado, as áreas cultivadas no cedo demoraram a emergir, o que deve resultar em dificuldades no escalonamento na colheita em fevereiro. ‘Tudo depende do clima. Mas temos boas projeções sem El Niño e La Niña.’ Apesar de irregular (entre 20mm e 80mm), a precipitação ajudou as pastagens, que, em final de ciclo, foram pouco aproveitadas este ano, lembra o produtor Júlio Silveira Filho.

Em Santa Rosa, a Emater avalia os danos causados pelo vento nas lavouras de trigo. O técnico Ataides Jacobsen alerta para ocorrências de acamamento, que pode ser agravado por precipitações. ‘Afeta o rendimento e a qualidade’, comentou.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *