Cestas natalinas ganham peso na estratégia da BRF

O retorno da Perdigão aos cortes de carne suína voltados ao período de festas não será a única novidade da BRF neste fim de ano. De acordo com o diretor nacional de vendas da companhia, Rafael Ivanisk, a nova estratégia para a venda de kits natalinos para empresas será uma das principais responsáveis pelo incremento de suas vendas.

Até 2014, a BRF só vendia kits de Natal para empresas grandes. Mas neste ano uma equipe totalmente dedicada à venda de cestas de Natal no mundo corporativo está há dois meses prospectando negócios também em companhias de médio e pequeno portes.

Conforme Ivanisk, a estratégia de vendas dos kits de Natal contou com a diversificação dos tipos de cestas de produtos oferecido. "Reforçamos nossa amplitude e também oferecemos kits mais populares", disse o diretor.

Para atender a empresas de pequeno e médio portes, a BRF também tornou a entrega de seus produtos mais organizada, acrescentou Ivanisk. De certa forma, as mudanças logísticas também refletem a reestruturação que a BRF fez em suas operações desde a chegada do empresário Abilio Diniz ao comando do conselho de administração. "Isso tudo tem a ver com a nossa formulação de atendimento, de pontualidade", afirmou ele.

Além do esforço para vender kits também a companhias menores, o executivo também destacou a retomada de grandes contas, tais como a da Ambev. Neste ano, a BRF fechou a venda de 36 mil kits para a fabricante de cervejas, disse ele.

Ivanisk não revela quanto os kits representam das vendas de produtos natalinos, mas garante que eles têm um "peso importante".

Por Luiz Henrique Mendes | De São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *