Cesa retoma armazenamento de trigo no Rio Grande do Sul

Direção da Companhia Estadual de Silos e Armazéns busca alternativas para recuperar estatal

Cesa retoma armazenamento de trigo no Rio Grande do Sul Genaro Joner/Agencia RBS

Uma das alternativas para recuperar a estatal é a federalização Foto: Genaro Joner / Agencia RBS

Ficou para a próxima semana a reunião no Ministério do Planejamento para tratar da federalização da Companhia Estadual de Silos e Armazéns (Cesa). Ao mesmo tempo em que trabalha com essa alternativa, o presidente Márcio Pilger busca outras ações para recuperar a estatal, cuja dívida soma R$ 120 milhões. Se o tempo permitir, o armazenamento de trigo deve ser retomado nesta terça-feira, com o recebimento de pelo menos 600 toneladas na unidade de Ibirubá.
– É um diferencial de receita para nós e de qualidade para o produtor – afirma Pilger.
No total, entre trigo colhido na lavoura e pronto (que já passou pela secagem) a Cesa tem espaço para 200 mil toneladas do grão.
Com 18 unidades operando, a estatal tem capacidade para armazenar um total de 600 mil toneladas. Atualmente, 25% desse volume está ocupado.
A ideia de federalização é trabalhada em dois cenários. Um, explica Pilger, seria a federalização total, com a Companhia Nacional de Abastecimento assumindo todas unidades. A parcial não incluiria as unidades de Porto Alegre, Rio Grande e Capão do Leão.

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *