Cesa pode ter sistema de monitoramento por câmeras

Ideia é preencher os pré-requisitos necessários para transformar a unidade, que recebe arroz industrializado, em área alfandegada

por Gisele Loeblein

17/06/2014 | 17h34

Cesa pode ter sistema de monitoramento por câmeras Fernando Dias/Secretaria da Agricultura,Divulgação

Tombador também dará mais agilidade no recebimento dos grãos na unidadeFoto: Fernando Dias / Secretaria da Agricultura,Divulgação

A proposta de federalização ainda está na mesa. Mas enquanto não se concretiza, a Companhia Estadual de Silos e Armazéns (Cesa) toca projetos para dar maior competitividade às estruturas em operação.

Em Rio Grande, a ideia é preencher os pré-requisitos necessários para transformar a unidade, que recebe arroz industrializado, em área alfandegada, ou seja, em que pode haver trânsito de mercadorias destinadas à importação e exportação.

Uma parte das exigências é implantar um sistema de monitoramento por câmeras. Licitação para a compra do equipamento foi aberta, mas não teve empresas interessadas. O investimento era estimado em R$ 350 mil.

Novo processo será aberto, desta vez para contratar empresa para o serviço de videomonitoramento, explica Márcio Pilger, presidente da Cesa:

— A meta é finalizar o novo processo dentro de 60 dias. E a transformação em unidade alfandegada até setembro.

Para isso, depois de atendidas as exigências, dependerá de vistoria e homologação da Receita Federal.

Outra modificação é a instalação do tombador, que dá mais agilidade no recebimento dos grãos ao substituir a retirada manual pela mecânica.

Anunciada em novembro do ano passado, com investimento de R$ 600 mil, a obra tinha previsão de estar pronta em cem dias, a contar do início dos trabalhos, em janeiro. Deve levar mais um mês para ser entregue.

Fonte Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *