Certificação de granjas avícolas passa ao modo digital

Ferramenta foi desenvolvida pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), com subsídio do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal (Fundesa-RS)

  • O software permitirá o acompanhamento de todo o processo em tempo real garantindo rastreabilidade e confiabilidade

    O software permitirá o acompanhamento de todo o processo em tempo real garantindo rastreabilidade e confiabilidade | Foto: FLAVIO HEPP/DIVULGACAO/ CP

    O módulo de Certificação de Granjas Avícolas da Plataforma de Defesa Sanitária Animal do Rio Grande do Sul começou a operar ontem no modo virtual. O objetivo é trazer celeridade aos profissionais da cadeia envolvidos na certificação, como laboratórios, estabelecimentos avícolas e serviço oficial na Secretaria da Agricultura e do Ministério da Agricultura. A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) desenvolveu a ferramenta, com aporte do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal (Fundesa-RS). A certificação sanitária é exigência para trânsito de aves e ovos férteis no país, além de ser ponto de partida para a exportação de material genético.

    Por Correio do Povo

    Fonte : Correio do Povo

    Compartilhe!