Cereais, Fibras e Oleaginosas – Cadeia produtiva do arroz ganha destaque em seminário no Tocantins

Palmas/Tocantins (16/06/2016) -  Com apoio da Federação da Agricultura e Pecuária do Tocantins (FAET) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), o Sindicato dos Beneficiadores de Arroz do Estado do Tocantins (Sindiato) realiza o “8° Seminário da Cadeia Produtiva do Arroz”. O seminário começou nesta quinta-feira (16/06) e segue até esta sexta-feira (17/06) no município de Lagoa da Confusão, região Sudoeste do estado. Participam do evento, produtores, técnicos, pesquisadores e empresários do ramo orizícola.

Dentre os diversos temas que serão tratados durante o seminário estão o uso de nitrogênio e manejo de água na cultura do arroz; mercado; agroclimatologia; inovação no manejo de doenças; novas cultivares de arroz para condições tropicais; principais limites de produtividade da cultura; expectativa da produção no Tocantins; cenário da armazenagem no Brasil e o sistema nacional de Certificação de Unidades Armazenadoras; Integração Lavoura Pecuária (ILP) e uso do subproduto do arroz na pecuária.

De acordo com a organização do evento, o seminário pretende fomentar discussões que vão, desde o cultivo até a industrialização do arroz, buscando promover uma visão unificada da produção agrícola e gerar práticas eficientes, que colaborem com o desenvolvimento da cadeia produtiva e aumentem a rentabilidade.

O presidente do Sistema FAET/SENAR Tocantins, Paulo Carneiro, destaca que o arroz é um dos principais grãos produzidos no Tocantins, juntamente com a soja e o milho. “A região onde acontecerão os eventos, no Sudoeste do estado, destaca-se pelo cultivo de arroz irrigado e, de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Tocantins é o terceiro maior produtor de arroz no país, atrás apenas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, por isso a importância de eventos como esses, que reúnem a classe produtora com discussões sobre as melhores estratégias para o crescimento do setor no Estado”, afirma Carneiro.

Federação da Agricultura e Pecuária do Tocantins

Fonte : Canal do Produtor