Centro-Sul processa 2% mais cana na 1ª quinzena do mês, diz Unica

No acumulado da safra, aumento é de 16,21%

por Estadão COnteúdo

 Shutterstock

Moagem de cana-de-açúcar cresceu 2% nos primeiros 15 dias de setembro e 16% no acumulado da safra (Foto: Shutterstock)

O volume de cana-de-açúcar processado pelas usinas no Centro-Sul do Brasil alcançou 42,84 milhões de toneladas nos primeiros 15 dias de setembro. O resultado corresponde a uma elevação de 2,09% em comparação a igual período do ano passado (41,97 milhões de toneladas), conforme relatório quinzenal da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), distribuído nesta terça-feira (24/9). O desempenho, no entanto, é 11,73% menor em relação ao volume moído na segunda metade de agosto passado (48,54 milhões de toneladas).
De acordo com a Unica, no acumulado desde o início da atual safra, em abril, até 16 de setembro, a moagem totaliza 406,26 milhões de t de cana, o que representa aumento de 16,21% em comparação com o mesmo período de 2012. A Unica observa, contudo, que o volume permanece abaixo dos 417,65 milhões de toneladas no mesmo período da safra 2010/11 – ocasião em que as usinas no Centro-Sul processaram 556,95 milhões de t ao fim daquela safra.
O diretor-técnico da entidade, Antonio de Padua Rodrigues, afirmou em comunicado que a moagem efetiva das unidades produtoras na quinzena foi de 2,86 milhões de t por dia, uma pequena retração em relação ao volume verificado na quinzena passada (3,03 milhões de t por dia), que apresentou condições excepcionais para a colheita. Segundo ele, muitas unidades fizeram manutenções programadas no início do mês, dificultando a moagem diária nos mesmos níveis do fim de agosto.
A qualidade da cana-de-açúcar na região Centro-Sul do Brasil apresentou queda nos primeiros 15 dias do mês, apontou o relatório. A quantidade de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) alcançou 147,64 kg por tonelada de cana, o que corresponde a uma queda de 2,94% em relação aos 152,10 kg apurados na mesma quinzena da safra passada.
No acumulado da atual safra, até o último dia 16, a concentração de ATR também diminuiu: totalizou 131,67 kg por tonelada de matéria-prima, em comparação com 132,21 kg verificados no mesmo período do último ano.

Açúcar e etanol

O porcentual de cana-de-açúcar destinado à produção de açúcar cresceu na primeira quinzena de setembro ante os últimos 15 dias de agosto. Segundo a União da Indústria da Cana-de-açúcar (Unica), dos 42,84 milhões de toneladas processadas, 49,14% foram destinadas para a produção da commodity, ante 48,51% da segunda quinzena do mês passado.
"Mas ainda estamos muito aquém dos valores verificados na última safra", disse em nota o diretor-técnico da Unica, Antonio de Pádua Rodrigues. Nos primeiros 15 dias de setembro de 2012, 51,6% da cana se destinaram à produção de açúcar. No acumulado da safra – 1º de abril a 16 de setembro – a proporção de cana direcionada para açúcar está em 44,97%, ante 49,50% em igual período de 2012.
A produção de açúcar na primeira quinzena de setembro somou 2,96 milhões de toneladas, 5,56% abaixo da mesma quinzena do ano passado, quando havia totalizado 3,14 milhões de toneladas.
Já a produção de etanol somou 1,88 bilhão de litros na primeira quinzena de setembro, volume 3,99% superior ao registrado no mesmo período da safra anterior. Foram 1,02 bilhão de litros de hidratado e 864,77 milhões de litros de anidro.
Segundo dados divulgados na tarde desta terça-feira, 24, pela União da Indústria da Cana-de-açúcar (Unica), no acumulado da safra 2013/14, a produção de etanol totaliza 17,24 bilhões de litros, sendo 9,88 bilhões de litros de hidratado e 7,36 bilhões de litros de anidro.
As vendas de etanol no Centro-Sul do País no acumulado da safra 2013/14 – 1º de abril a 16 de setembro – somam 12,02 bilhões de litros, 23% acima dos 9,72 bilhões de litros apurados no mesmo intervalo de 2012/13, informa a União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica). Desse total, 1,74 bilhão de litros foram exportados e 10,28 bilhões de litros (+26,23%) foram vendidos internamente.
Considerada apenas a primeira quinzena de setembro, as vendas de etanol pelas unidades produtoras do Centro-Sul totalizaram 1,02 bilhão de litros, ante 971,73 milhões de litros no mesmo período de 2012. Foram exportados 117,38 milhões de litros e 901,16 milhões de litros ficaram no mercado interno.
Conforme a Unica, em nota, o volume de etanol anidro comercializado internamente na última quinzena foi de 354,63 milhões, acima dos 277,92 milhões de litros em igual intervalo de 2012. Já as vendas de hidratado atingiram 546,53 milhões de litros, crescimento de 13,4% ante o ano passado.
"As vendas de etanol no mercado doméstico permaneceram aquecidas na primeira quinzena de setembro, que geralmente apresenta um volume menor de retirada do produto pelas distribuidoras quando comparada aos últimos 15 dias do mês", diz o diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, na nota. Ele lembra que a safra do Nordeste já começou, o que se traduz em menor volume transferido do Centro-Sul para aquela região.

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *