CENTRAL DE COMUNICAÇÃO // CNA – Com participação da CNA e Abrafrutas, Ministério lança Plano de Desenvolvimento da Fruticultura

Brasília (26/02/2018) – O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) lança nesta terça (27), em Brasília, o Plano Nacional de Desenvolvimento da Fruticultura (PNDF). O objetivo do documento é servir de ferramenta para dar apoio ao governo na construção de políticas públicas de longo prazo para o setor de frutas.

A Comissão Nacional de Fruticultura da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas) participaram ativamente da construção do plano e definiram ações e estratégias para melhorar a competitividade do setor.

“Nós ouvimos toda a cadeia produtiva de frutas frescas e processadas para elaborar um documento que envolvesse o setor público e privado e o papel que cada um precisa desempenhar para o desenvolvimento da fruticultura”, disse o assessor técnico da Comissão da CNA, Eduardo Brandão.

De acordo com ele, no plano foram definidos dez temas como prioritários, dentre eles a defesa vegetal, governança da cadeia produtiva, marketing e comercialização, infraestrutura e logística, marco regulatório e pesquisa, desenvolvimento e inovação. 

Para o presidente da Comissão de Fruticultura da CNA e da Abrafrutas, Luiz Roberto Barcelos, com o plano, os fruticultores poderão ter acesso mais fácil ao crédito, ao seguro agrícola, além de ampliar o consumo de frutas no mercado doméstico e explorar novos mercados internacionais.

Participarão do lançamento do Plano Nacional de Desenvolvimento da Fruticultura (PNDF) o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, autoridades do governo, produtores de frutas, representantes da CNA, da Abrafrutas e de outras entidades do setor.

Lançamento Plano Nacional de Desenvolvimento da Fruticultura
Data: 27 de Fevereiro de 2018
Horário: 14h30
Local: Auditório do Ministério da Agricultura – Esplanada dos Ministérios – Bloco D – Brasília/DF

Assessoria de Comunicação CNA/SENAR

Fonte : CNA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *