Cédula de Produto Rural: bem dado em garantia não pode ser penhorado

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) traz alívio para quem financia os produtores por meio da Cédula de Produto Rural (CPR). A partir de agora, o produto dado em garantia não poderá ser penhorado em caso de dívidas, o que beneficia as tradings, cerealistas e cooperativas. O analista jurídico Ricardo Alfonsin comenta que, com a dificuldade do produtor em conseguir crédito, essa novidade traz maior segurança.

O advogado Ricardo Alfonsin, especialista em questões envolvendo dívidas agrícolas, semanalmente, grava um comentário exclusivo para os internautas do portal CanalRural. Em vídeo, o especialista traduz e analisa temas pertinentes ao mundo do agronegócio, auxiliando o produtor rural, esclarecendo dúvidas jurídicas dos telespectadores e internautas e respondendo perguntas sobre Plano Collor, dívidas bancárias, Código Florestal, Funrural e outros.