Código Florestal tem pontos que preocupam o governo, diz ministra do Meio Ambiente

Para Izabella Teixeira, texto aprovado na Câmara leva a situação de incerteza jurídica

Wilson Dias

Foto: Wilson Dias / ABR

Segundo ministra, pontos do texto provocam preocupação

O clima no governo federal é de apreensão no que diz respeito ao novo Código Florestal. A redação final da lei chegou nesta segunda, dia 7, ao Palácio do Planalto. A partir de agora, a presidente tem 15 dias para sancionar ou vetar a proposta. A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, aponta que um dos temas que provocam preocupação é a falta de uma regulamentação clara sobre o plantio em Áreas de Preservação Permanente (APPs).

– Eu não posso levar uma situação em que a lei não seja aplicável no dia seguinte. No Senado nós tivemos um debate riquíssimo para procurar um texto que conseguisse ter um mínimo de regulamentação e que pudesse ser autoaplicável. Infelizmente, na Câmara o processo de votação levou a uma situação, pelo menos na avaliação geral, de incerteza jurídica sobre o texto. Então, temos que nos debruçar e verificar quais as alternativas – declara.

>> Leia mais sobre o Código Florestal no site especial

Fonte: Ruralbr | CANAL RURAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *