CÓDIGO FLORESTAL | Governistas e ruralistas fazem concessões

Depois de sete horas de debate, integrantes da Comissão Mista do Congresso conseguiram votar ontem o relatório da medida provisória que altera o Código Florestal. A proposta foi enviada ao Legislativo pela presidente Dilma Rousseff como um complemento aos vetos feitos por ela ao projeto do novo código. A medida segue para votação no plenário da Câmara, que deve ocorrer na próxima semana.
Os ruralistas recuaram em relação à polêmica proposta que acabava com as áreas de proteção permanente (APP) nos rios intermitentes. O novo texto aprovado retorna ao entendimento inicial de que tanto os rios intermitentes quanto os perenes (permanentes) contarão com APPs. Em contrapartida, o governo aceitou mexer no artigo da atual lei que trata das áreas consolidadas em APPs.

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *