Casos de Covid-19 em navios em Santos acendem alerta entre estivadores

Seis navios já foram colocados em quarentena após tripulantes testarem positivo para a doença

13 de maio de 2020 às 19h46

Por Canal Rural

O navio de cargas MSC Giselle ficará de quarentena no porto de Santos até 23 de maio, após um dos tripulantes ter testado positivo para o novo coronavírus. É o sexto navio no local com casos confirmados. A embarcação teve sua operação suspensa e todos tripulantes passaram por testes.

Em nota, o grupo MSC afirmou que está cooperando com autoridades e seguindo todos os protocolos de segurança de saúde exigidos pela Anvisa e Organização Mundial de Saúde (OMS).

De acordo com o presidente do Sindicato dos Estivadores de Santos e Região (Sindestiva), Nei da Estiva, a situação é muito preocupante já que trabalhadores estão expostos 24h por dia e tem contato direto com as tripulações.

Nei afirma que no primeiro momento a Anvisa se recusou a fazer inspeção na barra antes de adentrar o porto, mas agora com o aumento dos casos, a medida já foi tomada. “Isso é muito triste, colocamos isso para as autoridades competentes, que tinham que estar tomando providências, desde o início. Tivemos que gritar, porque nem a mínima higiene tinha no porto”, comenta.

Fonte: Canal Rural