CANA – Etanol hidratado tem ganho real de 7,5% na parcial da safra 2015/2016

Conforme cálculos do Cepea, a média atinge R$ 1,5295 por litro, ante R$ 1,4227 por litro na temporada passada

cana_acucar_etanol (Foto: Ernesto de Souza)

Já no caso do anidro, ocorre diminuição real de 5,4% (Foto: Ernesto de Souza)

O preço médio do etanol hidratado no Estado de São Paulo, entre abril e fevereiro desta safra 2015/16, está 7,5% maior na comparação com igual período do ciclo anterior em termos reais. Conforme cálculos do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), a média atinge R$ 1,5295 por litro, ante R$ 1,4227 por litro na temporada passada.

Já no caso do anidro, ocorre diminuição real de 5,4%. A média corrente é de R$ 1,6791 por litro, abaixo da de R$ 1,5933 por litro no ano anterior. Considerando-se tais valores, na parcial da safra 2015/2016, o anidro tem preço médio 9,8% maior que o do hidratado, vantagem menor que a de 12% alcançada em 2014/2015.

saiba mais

"Nesta quinzena, à medida que aumenta o número de usinas em processamento, os preços do etanol se enfraquecem. A queda do hidratado na última semana foi a maior do ano, pressionada também pela demanda relativamente baixa das distribuidoras", comentou o centro de estudos avançados em relatório.

Na semana passada, o Indicador Cepea/Esalq do hidratado registrou queda de 4,7%, passando para R$ 1,8424 por litro. No mesmo sentido, o Indicador do anidro recuou 1,3%, a R$ 2,0578 por litro. Os preços são sem impostos e referem-se ao produto retirado nas usinas paulistas.

Paridades

Ainda conforme cálculos do Cepea, na última semana o açúcar remunerou 25% a mais que o anidro e 31% mais que o hidratado no mercado paulista. Comparando-se os dois tipos de etanol, o anidro teve vantagem de 5%.

POR ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte : Globo Rural

Compartilhe!