CANA-DE-AÇÚCAR – Mix de etanol e açúcar na safra 19/20 pode repetir a anterior

O mix de produção entre açúcar e etanol na safra de cana 2019/20 no centro-sul do Brasil pode ser semelhante ao do ciclo anterior, dependendo do volume de matéria-prima a ser processada pelas usinas no principal polo canavieiro do mundo, disse um representante da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

Diversas consultorias e entidade vêm apontando que o setor no centro-sul alocará, percentualmente, uma parcela maior de cana para fabricação do adoçante, tendo em vista um cenário de preços internacionais mais firmes no segundo semestre em razão de um provável déficit na oferta global. Na avaliação do diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, as usinas devem mesmo fabricar entre 1,5 milhão a 2 milhões de toneladas a mais de açúcar na temporada vigente, iniciada neste mês, segundo o que aponta o mercado.

Só que uma eventual expansão na moagem do insumo faria com que o mix pouco se alterasse na comparação com 2018/19, quando 35,2% do total de cana foi para o açúcar.

“O resultado do mix pode ser o mesmo da última safra, dependendo da oferta de cana. Se ficar na mesma faixa do último ano, de 573 milhões de toneladas, e se produzir de 1,5 milhão a 2 milhões de toneladas a mais de açúcar, o mix vai sair de em torno de 35% para até 37% para açúcar. Mas se houver incremento na oferta de cana, o mix deve se manter em 35%” explicou ele.

DA REDAÇÃO E REUTERS • SÃO PAULO

Fonte : DCI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *