Campo responde – Fertilizantes podem causar desequilíbrios no ambiente?

Responde: Associação Nutrientes para a Vida, braço da fundação norte-americana NFL – Nutrientes For Life

Em geral, nas condições de cultivo no Brasil, o risco de contaminação ambiental por lixiviação e eutrofização é baixo. A lixiviação é o processo de perda de nutrientes no perfil do solo, causada pela lavagem promovida pelas chuvas torrenciais e pela infiltração de água no solo. Já a eutrofização é o fenômeno causado pelo excesso de nutrientes (principalmente nitrogênio e fósforo) nos ambientes aquáticos, provocando o crescimento excessivo de algas e criando condições de falta de oxigênio e luz, o que provoca a morte de seres aquáticos. No caso do fósforo, o potencial de contaminação da água por eutrofização no Brasil é limitado. A sua concentração na solução do solo é baixa, diferentemente do que ocorre em regiões de clima temperado. Quando os agricultores utilizam os princípios do manejo de nutrientes 4C, definidos como o uso da fonte certa de nutrientes, aplicada na dose certa, no local certo e na época certa, associados ao adequado controle da erosão, os riscos de lixiviação e eutrofização diminuem consideravelmente. Os dois processos são considerados controlados na agricultura brasileira, e têm ocorrência limitada a situações específicas.

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *