CAMPO E LAVOURA | Terreno mais favorável ao trigo em duas décadas

O terreno está fértil para o trigo no Estado. O primeiro levantamento de custos feito pela Federação das Cooperativas Agropecuárias do RS (Fecoagro) mostra que a relação de troca entre gastos e receita é a mais favorável em duas décadas.

– Pelo histórico dos últimos 20 anos, temos um dos melhores momentos para plantio, baseado principalmente na alta do dólar, o que influenciou preço e insumos, que, mesmo com elevação, não subiram todos na mesma proporção – observa Paulo Pires, presidente da entidade, que projeta aumento de cerca de 20% na área de plantio do cereal.

O ponto de equilíbrio para cobrir o custo total teve redução de 14,41% em relação à safra passada (veja acima).

– Todos os anos, tínhamos perspectiva negativa (custos maiores do que a receita) – reforça Pires.

Outro fator que poderá pesar na tomada de decisão do produtor é a oportunidade de obter renda depois da frustração com a safra de verão, fortemente impactada pela estiagem.

Fonte: Zero Hora