CAMPO E LAVOURA | Superação que cativa

Nascido com um problema nas patas dianteiras, o cordeiro Zé Neto (foto acima) mobilizou a comunidade de Espumoso, no norte do Estado. Tanto que, para dar conta dos pedidos de mais atualização do estado de saúde dele, a médica veterinária que acompanha a propriedade onde ele vive criou um perfil privado em uma rede social. Por meio de fotos, Morgana Oliveira ia abastecendo a curiosidade de quem conhecia a história. As postagens fizeram tanto sucesso que o canal criado virou público, fazendo o ovino cair nas graças do mundo virtual, ganhando seguidores.

Zé Neto é da raça texel e nasceu no dia 9 de junho. Tem um irmão gêmeo, o Cristiano (em alusão à dupla sertaneja). Ambos fazem parte do plantel da Agrigon, que inclui bovinos e equinos.

Cristiano nasceu saudável, mas Zé Neto tinha uma má formação (chamada de contratura tendínea). Ao identificar que ele precisaria de intervenção cirúrgica, a veterinária acionou um professor da Universidade de Passo Fundo (UPF), onde estudou.

Após a primeira cirurgia, a recomendação foi de uso de tala por 45 dias. O quadro tinha boa evolução quando Morgana observou uma piora na pata direita. Foi necessária nova intervenção e amputação do membro. Responsável pelo tratamento, o médico veterinário Leonardo Fornari explica que tratamentos cirúrgicos complexos em ovinos são procedimentos raros. Ainda no hospital, começaram as sessões de fisioterapia, que seguem na rotina diária, acompanhada por Morgana (e pelos seguidores).

– Ele é bem apegado a mim. Eu e o Zé tivemos uma ligação desde o primeiro dia que o vi – conta.

balanço da associação brasileira de proteína animal mostra que, no acumulado do ano, as exportações de frango totalizam 2,83 milhões de toneladas, 1,8% a mais do que em 2019. já os US$ 4,14 bilhões representam queda de 11,3%. a china segue comprando: em agosto, o volume foi 46% superior ao do mesmo mês do ano passado.

gisele.loeblein@zerohora.com.br

GISELE LOEBLEIN

Fonte: Zero Hora

Compartilhe!