CAMPO E LAVOURA – Solidariedade vinda das pistas

Começa a ser entregue hoje a primeira remessa, de 200 botões do pânico, a mulheres em situação de risco ou de violência, adquiridos com a renda do Leilão Virtual Âmago – o Agro em Defesa da Mulher. Os R$ 124,29 mil faturados serão usados para a aquisição de 800 equipamentos, feita conforme entram as parcelas – podiam ser até 10 prestações.

As mulheres que receberão o botão, de forma gratuita são selecionadas de cadastro com mais de 5 mil inscrições. A previsão é de que a compra do restante seja feita até outubro.

O projeto Âmago é desenvolvido pela Babbage Aplicativos e Sistemas, que tem como sócio o criador de cavalos crioulo Ricardo Querubin. Ele mobilizou produtores e profissionais para o leilão, realizado em dezembro de 2020. Sem fio e com bateria de longa duração, o botão emite alerta, por aplicativo, para cinco contatos cadastrados no sistema.

No radar

O Rio Grande do Sul tem dia e hora para receber o certificado de zona livre de febre aftosa sem vacinação. Na quinta-feira, a partir das 7h, horário do Brasil, a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) oficializará o novo status sanitário, dentro da sua assembleia geral. Haverá transmissão online desde Paris, onde fica a sede da entidade. Além do Estado, o Paraná também receberá a certificação.

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *