CAMPO E LAVOURA | Retomada à vista em frigorífico

Ainda poderá vir pela frente a tréplica, mas decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS) de ontem atendeu a recurso da JBS, dando aval, na prática, à retomada das atividades no frigorífico de Ana Rech, em Caxias do Sul, na Serra.

Liminar anterior, obtida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-RS), havia determinado o afastamento dos 1,69 mil funcionários da planta por um prazo de 14 dias, após a confirmação de casos de covid-19 entre trabalhadores.

O desembargador Roger Ballejo Villarinho, da 1º Seção de Dissídios Individuais do TRT-RS, entendeu como excessiva a medida e avaliou que é preciso análise técnica mais profunda das condições de trabalho. Também citou portaria estadual e normativa conjunta nacional, que preveem o afastamento só de funcionários com sintomas ou diagnóstico de covid-19.

Em nota, a JBS afirmou que a partir de hoje faz triagem e teste com todos os trabalhadores, como acordado com autoridades locais. Além disso, fará desinfecção total na unidade e arredores no final de semana, retomando as operações na próxima segunda-feira, dia 15 de junho.

R$ 207,56 bi é o valor tomado em financiamentos em 11 meses do Plano Safra 2019/2020, alta de 33% sobre igual período do ciclo anterior, segundo a Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura. As linhas para comercialização, no entanto, tiveram queda de 11%.

No radar

Com anúncio do Plano Safra 2020/2021 previsto para a próxima semana, a redução na taxa de juro segue como a grande demanda do setor. O presidente da Federação das Cooperativas Agropecuárias do RS (Fecoagro), Paulo Pires, diz que "existe essa expectativa de adequação da taxa de juros proposta para o produtor com a taxa Selic". Hoje, os percentuais do crédito rural estão acima.

gisele.loeblein@zerohora.com.br

GISELE LOEBLEIN

Fonte: Zero Hora

Compartilhe!