CAMPO E LAVOURA | Queda de 40% na soja, aponta Conab

Para o Rio Grande do Sul, há duas más notícias nos dados divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento. A primeira vem dos números, que apontam perdas expressivas em razão da estiagem: 40,4% na produção de soja e 31,8% na de milho. A segunda aparece na comparação com o resultado nacional: o país terá volume histórico, com 250,9 milhões de toneladas de grãos, alta de 3,6% sobre a safra do ano passado. As informações foram apuradas entre 27 de abril e 1º de maio. Como a colheita ainda não foi concluída, pode haver revisão.

Como a colheita está quase no final – somava 95% da área total na semana passada -, José Bicca, superintendente da Conab no Estado, avalia que não deve haver grandes variações em relação a esse levantamento. As 11,43 milhões de toneladas projetadas para a soja são quase 8 milhões de toneladas a menos do que a produção em 2019.

Estimativas feitas por outros órgãos e entidades, que fazem comparação em relação às expectativas do início do ciclo, apontam recuos ainda maiores.

2,42%

foi o crescimento do PIB do agronegócio brasileiro no acumulado de janeiro e fevereiro, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/ Esalq). O resultado foi puxado pela expansão dos segmentos primário, de serviços e de agroindústrias.

gisele.loeblein@zerohora.com.br

GISELE LOEBLEIN
Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *