CAMPO E LAVOURA | Prestes a zarpar

O primeiro embarque via Terminal Logístico do Arroz (TLA) está prestes a zarpar do porto de Rio Grande em direção à Costa Rica. A projeção dos gestores do espaço é de que a embarcação MV Vola saia entre amanhã e quinta-feira, após o término do carregamento da carga. Como antecipou a coluna, o navio chegou na semana passada.

O trabalho começou no último sábado, foi interrompido no domingo de Páscoa e retomado ontem. A operação é realizada nas 24 horas do dia, apenas com a pausa para troca de turno. Serão despachadas 27 mil toneladas, volume superior à previsão inicial.

– Como o terminal está recomeçando e tem muitos equipamentos novos, vamos fazendo ajustes – explica Fernando José Fuscaldo Júnior, um dos sócios da atual gestão.

Com capacidade técnica de 200 toneladas por hora, dois carregadores (na foto, à direita) estão sendo utilizados. Como são novos, têm sido regulados conforme a utilização. E enquanto a primeira carga é preparada, uma segunda é negociada, com destino ainda não revelado. A previsão é de embarque no final de abril.

O TLA funciona na área da extinta Companhia Estadual de Silos e Armazéns (Cesa) e passou por investimentos, de cerca de R$ 10 milhões, do grupo gestor que assumiu o terminal. Ter um espaço exclusivo para o cereal era uma demanda antiga do setor.

– Essa operação possibilita maior competitividade para o arroz que é produzido aqui. É importante lembrar que 70% do arroz que o Brasil se alimenta passa pelo Estado e nada mais justo do que termos um terminal dedicado a sua logística, independentemente de outras opções – diz o superintendente do porto, Fernando Estima.

gisele.loeblein@zerohora.com.br

GISELE LOEBLEIN

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *