CAMPO E LAVOURA | Oportunidades para o Brasil após o Brexit

Aprovada em referendo em 2016, mas efetivada somente no ano passado, a saída do Reino Unido da União Europeia poderá ampliar as oportunidades de venda do agronegócio brasileiro. Como efeito do Brexit, o país passou a adotar novo regime tarifário de importação a partir de janeiro de 2021, com alterações nas alíquotas de uma série de produtos do setor primário que podem ser supridos pelo Brasil.

Estudo realizado pela Universidade do Vale do Rio do Sinos (Unisinos) em parceria com a Confederação Nacional da Agricultura (CNA) identificou a desgravação ou simplificação das tarifas em 563 produtos do agronegócio. Desses, 50 foram avaliados como as melhores oportunidades para o Brasil. Entre eles estão vinho, cacau em pó e óleos essenciais, que tiveram alíquotas reduzidas a zero. Frutas, como os limões, uvas e maçãs, tiveram reduções tarifárias de quase 14 pontos percentuais em relação ao bloco europeu.

Coordenador do grupo de pequisa Competitividade e Economia Internacional da Unisinos, Marcos Lélis destaca que as perspectivas são positivas para o agronegócio brasileiro.

Em 2019, o Reino Unido comprou US$ 1,4 bilhão em itens agropecuários brasileiros.

NO RADAR

A terceira edição do Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano ocorre entre 29 de março e 1º de abril, de forma virtual e gratuita. O objetivo é debater o aproveitamento do biogás, produzido a partir de resíduos orgânicos, para geração de energia elétrica, energia térmica e biometano. Mais informações sobre a programação e inscrições podem ser obtidas no site biogasebiometano.com.br.

fernando.soares@zerohora.com.br

FERNANDO SOARES – INTERINO

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *