CAMPO E LAVOURA | Operação do porto na bandeira preta

Com cuidados redobrados e redução de 25% no número de trabalhadores. É assim que o porto de Rio Grande estará atuando em meio ao cenário de bandeira preta decorrente do agravamento da pandemia no Estado. O horário de funcionamento segue sem alteração, 24 horas por dia nos sete dias da semana.

O superintendente Fernando Estima explica que não há perda da capacidade de embarque/ desembarque e acrescenta que, neste momento, "a prioridade é manter a saúde de todos os trabalhadores".

Em nota, a superintendência reforça a necessidade de seguir "rigidamente os protocolos sanitários já definidos, com especial atenção ao uso de máscaras, limpeza das mãos e distanciamento". E alerta para medidas que poderão ser tomadas em caso de descumprimento das normas.

A América do Sul deve ter colheita recorde de soja na atual safra. Estimativa da Consultoria Datagro aponta uma produção na região de 196,94 milhões de toneladas. Embora menor do que o projetado em novembro, o volume é 2% superior ao do o ciclo 2019/2020. Principal produtor, o Brasil pode avançar 7% na colheita do grão, em igual comparação, somando 135,68 milhões de toneladas

GISELE LOEBLEIN

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *