CAMPO E LAVOURA | Lições delas

Natural de Salto do Jacuí, a produtora Norma Gatto, 60 anos, fez a vida no centro-oeste do país. Mudou-se de mala e cuia para o Mato Grosso no final da década de 1970. Foi parte da leva de gaúchos que ajudou a abrir uma nova fronteira agrícola, hoje líder na produção agropecuária.

O caminho para a mudança foi aberto pelo pai e pelo marido. Companheira presente, se viu tendo de tomar as rédeas dos negócios da família quando o marido faleceu, há 20 anos. Com três filhos, encarou o desafio. Transformou-se em uma das maiores produtoras do MT, no comando do Grupo Gatto. Neste sábado, ela conta sua história de superação no Encontro de Lideranças do Agronegócio (ELA-RS), ao lado de outras mulheres. O evento será virtual, a partir das 14h (elars.com.br), com uma segunda etapa no dia 22.

gisele.loeblein@zerohora.com.br

GISELE LOEBLEIN

Fonte: Zero Hora

Compartilhe!