CAMPO E LAVOURA – Leilões confirmam momento de valorização da pecuária

A temporada de remates de primavera da pecuária gaúcha chega ao final com resultados animadores para os criatórios. Em meio à ascensão dos leilões virtuais, substituindo os tradicionais eventos presenciais em cabanhas e feiras por causa das restrições provocadas pela pandemia de coronavírus, os negócios se mantiveram aquecidos e com médias superiores às do ano passado.

Presidente do Sindicato dos Leiloeiros Rurais no Estado (Sindiler), Enio Dias Santos constata que as médias verificadas nos leilões de reprodutores foram entre 20% e 25% maiores em relação a 2019. Nos terneiros, o incremento nos preços chegou a 55%, segundo o dirigente. Os números refletem um novo momento da pecuária e vêm na esteira da valorização do boi gordo, com a cotação renovando os maiores patamares históricos.

– Essa é uma primavera muito florida para a pecuária Houve uma recuperação de preços – avalia Santos.

Além disso, o dirigente cita o aumento nos embarques de carne bovina para o Exterior neste ano e a menor oferta de animais para abate no país como fatores que estimularam negócios mais rentáveis no Rio Grande do Sul.

Com a taxa básica de juro, a Selic, chegando a 2% ao ano e achatando a remuneração de aplicações de renda fixa, a pecuária também acabou atraindo novos investidores. Essa é a percepção do diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva. Nos remates que conduziu, Silva estima incremento de 20% nas médias, que atingiram patamares nunca antes vistos em algumas categorias.

– Tenho 50 anos como leiloeiro e nunca houve uma primavera como esta – relata Silva, avaliando que o mercado se manterá aquecido mesmo após o término da temporada de remates.

Na avaliação dos leiloeiros, os remates virtuais vieram para ficar. Com menor custo para os organizadores e maior alcance de público, as transmissões por televisão e internet serão mantidas nos próximos anos. Ainda assim, algumas cabanhas gaúchas tendem a adotar um formato híbrido, incluindo também evento presencial.

fernando.soares@zerohora.com.br

FERNANDO SOARES | INTERINO

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *