CAMPO E LAVOURA – Inflação dos alimentos

A inflação de alimentos e bebidas, um dos segmentos com maior peso no orçamento das famílias, avançou 0,65% na região metropolitana de Porto Alegre em janeiro, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado ficou acima do índice geral registrado na Capital, que teve 0,25% de alta.

Dos 80 itens que compõem o grupo de alimentação e bebidas, 56 tiveram aumento de preços no primeiro mês de 2021.

Os artigos com maiores reajustes foram cebola (15,72%), repolho (11,91%), cheiro-verde (9,94%), pão de forma (6,64%) e banana prata (6,02%).

Por outro lado, 24 alimentos ficaram mais baratos, registrando deflação, de acordo com o IBGE. Entre eles estão laranja baía (-9,3%), morango (-4,96%), salsicha (-3,43%), tomate (-3,1%) e uva (-2,98%).

O governo do Estado realiza hoje ato de entrega do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas) à Associação Sulina de Crédito e Assistência Rural (Ascar). A renovação da certificação foi publicada em janeiro no Diário Oficial da União e vale até 2023.

fernando.soares@zerohora.com.br

FERNANDO SOARES – INTERINO

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *