CAMPO E LAVOURA – Frentes para dar segurança

Diante do novo status sanitário do Rio Grande do Sul, de livre de aftosa sem vacinação, todo o cuidado é pouco para garantir a manutenção da sanidade do rebanho e a saúde financeira dos pecuaristas. Na frente de prevenção e fiscalização, o Programa Sentinela identificou uma tentativa de contrabando de oito bovinos (foto) da Argentina.

Os animais foram atravessados pelas águas do Rio Uruguai. A movimentação foi flagrada pela Brigada Militar que, junto a fiscais estaduais agropecuários da Secretaria da Agricultura apreendeu os animais em Alecrim. Foram encaminhados para o abate imediato, devido ao risco sanitário, já que os argentinos mantêm a imunização contra a aftosa.

O caso será apurado pela Polícia Federal. Francisco Lopes, coordenador do Sentinela, reforça que ações de investigação, inteligência e vigilância da BM têm sido essenciais para os flagrantes:

– A segurança sanitária do rebanho depende da ação integrada dos órgãos de fiscalização, segurança e defesa.

gisele.loeblein@zerohora.com.br

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *