CAMPO E LAVOURA – Estado tem 32 focos de gafanhotos

Com a ampliação da área monitorada, cresceu também o número de focos de gafanhotos registrados no noroeste do Rio Grande do Sul. Relatório divulgado pela Secretaria da Agricultura com dados de 30/11 a 7/12 aponta 32 locais de incidência do inseto. O maior número de focos está em São Valério do Sul (13), seguido de Santo Augusto (sete) e Bom Progresso (cinco). No total, foram feitos 65 levantamentos em 10 municípios. A área monitorada pelos técnicos da pasta compreende um raio de 30 quilômetros de distância, delimitado a partir do foco inicial e soma 22 municípios.

Da área total vistoriada, 6,77 mil hectares, 50,65% são agrícola e 49,35%, de mata nativa. Dentro do total da área agrícola vistoriada, 3,43 mil hectares, em 52% houve incidência. No espaço de área nativa, 3,34 mil hectares, o percentual chega a 93,48%.

R$ 55 bilhões devem ser investidos pela BRF na próxima década como parte de ações estratégicas que deverão levar a companhia à receita anual aproximada de mais de R$ 100 bilhões. "Pretendemos nos consolidar como uma empresa global de alimentos de alto valor agregado, com portfólio de marcas fortes e produtos cada vez mais práticos e saborosos(…). Nossa intenção é atuar de forma sustentável, sendo protagonistas e agentes de transformação", disse Lorival Luz, CEO global da BRF.

gisele.loeblein@zerohora.com.br

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

ANTERIOR

LISTAIMPRIMIRENVIARLETRA A – A +

PRÓXIMO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *