CAMPO E LAVOURA | Embarques de carne seguem em alta

A demanda por carne segue alimentando resultados positivos nas exportações, com a China como principal destino, mostra balanço da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) para maio e acumulado do ano. Na carne suína, o volume de 102,4 mil toneladas é 52,2% maior do que em igual mês de 2019. Em receita, a alta é ainda maior: 58,4%, somando US$ 227,9 milhões. Nos cinco primeiros meses, o volume cresceu 34%, com 383,2 mil toneladas, e a receita, 54,8%, com US$ 878,3 milhões.

Nos embarques de frango, houve avanço de 4,5% em maio. No faturamento, recuo de 17,3%. Resultado que se repete no acumulado do ano, com 1,76 milhão de toneladas, 4,9% acima de igual período de 2019. Os US$ 2,69 bilhões do período representam queda de 3,7%.

A previsão é de que o Estado tenha maior umidade nos primeiros 15 a 20 dias deste mês, aponta a meteorologista Jossana Cera, do Irga. O retorno da chuva já a partir da próxima segunda e terça-feira deve interromper os trabalhos de plantio de trigo. Há expectativa de que a área cresça em relação ao ano passado, com projeções de até dois dígitos.

gisele.loeblein@zerohora.com.br

GISELE LOEBLEIN

Fonte: Zero Hora

Compartilhe!