CAMPO E LAVOURA – Despedida a um pioneiro do arroz

O setor produtivo gaúcho se despediu ontem de Breno Prates (foto), 81 anos. Natural de Alegrete, foi fundador e primeiro presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) e conselheiro do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga).

Alexandre Velho, atual dirigente da Federarroz, lembra que Breno sempre prezou pelo diálogo e foi um guerreiro em busca das necessidades do produtor de arroz.

– Breno era um estrategista aguçado, perspicaz. Tinha um invejável trânsito com vários segmentos e cultivou suas amizades de forma exemplar – diz Henrique Dornelles, ex-presidente da Federarroz, que teve Breno à frente do Conselho Consultivo, entre 2016 e 2019.

Viúvo, Breno deixa quatro filhos, entre eles a servidora do Irga Carla Prates.

NO RADAR

O plantio de trigo chegou a 100% da área estimada para este ano, tecnicamente encerrado, aponta levantamento semanal da Emater. A grande maioria das lavouras (98%) está na fase de desenvolvimento vegetativo. Outros 2% já estão na etapa de floração. As fortes geadas nesta semana não devem implicar perdas significativas no cenário agrícola gaúcho. O extensionista Elder Dal Prá avalia que sejam pontuais em trigo, cevada e aveia, e um pouco maiores na canola.

gisele.loeblein@zerohora.com.br

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *