CAMPO E LAVOURA – Degustação segura

Na avaliação de vinhos, em que paladar e olfato são ferramentas essenciais dos jurados, não dá para ficar de máscara. É preciso levar a taça à boca para a degustação. Por conta disso, os organizadores do Brazil Wine Challenge, que segue até amanhã em Bento Gonçalves, na Serra, reforçaram protocolos para garantir um ambiente seguro.

A regra número um dos 57 avaliadores é retirar a proteção só no momento em que se sentar à mesa. Eles também fazem rodízio para a degustação às cegas. Apenas 30 ficam no local a cada dia de avaliação, com equipe reduzida de garçons e de representantes da Associação Brasileira de Enologia (ABE), organizadora da prova. O espaço do evento tem 400 metros quadrados, e os juízes estão separados em seis grupos. Cada um tem cinco mesas, individuais para cada avaliador. Todas estão a dois metros de distância umas das outras.

– É como em um restaurante. A diferença é que, no restaurante, tu sentas de frente para outra pessoa e a distância não é de um metro e meio como determina a lei – explica o enólogo Daniel Salvador, presidente da ABE.

As taças, de cristal, não são reutilizadas em um mesmo dia, passando por higienização após o término. A comunicação das notas é via computador. Antes, durante e após cada dia de concurso, o local é higienizado. Nas áreas de uso comum, vale distanciamento e uso de álcool em gel. Portas e janelas abertas garantem ventilação.

Neste ano, a disputa, chancelada por Organização Internacional da Vinha e do Vinho e União Internacional de Enólogos, tem 774 amostras, de 16 países.

a secretaria de Agricultura do rs publicou nota técnica detalhando como o produtor deve proceder para uso de agrotóxicos à base de paraquate ou dicloreto de paraquate. resolução da Anvisa autorizou, dentro de cronograma por culturas e regiões, utilização de estoque remanescente. O produto está proibido no país.

gisele.loeblein@zerohora.com.br

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *