CAMPO E LAVOURA – Conab e IBGE projetam safra recorde

Os números podem até ser diferentes, mas as projeções divulgadas ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) coincidem em dois aspectos: o Brasil colherá uma safra recorde de grãos e o desempenho das lavouras do Rio Grande do Sul será melhor em 2021.

Para a Conab, a produção brasileira alcançará 257,3 milhões de toneladas neste ano, elevação de 4,3% frente 2020 no país. Já o IBGE espera 262,2 milhões de toneladas, com 3,2% de alta.

No Rio Grande do Sul, a Conab prevê produção de 34,7 milhões de toneladas de grãos em 2021, elevação de 30,1% em relação à colheita passada, fortemente impactada pela estiagem. Nesta safra, mesmo com novos estragos causados pelo tempo seco no milho, a estimativa é de recuperação puxada pela soja.

Já o IBGE espera que a colheita gaúcha totalize 35,2 milhões de toneladas, elevação de 34,5%.

Conforme informativo conjuntural divulgado ontem pela Emater, o Estado tem 2% da área semeada de soja em maturação "com bom potencial produtivo". O retorno das chuvas em janeiro e fevereiro, após estiagem na primavera, favoreceu o desenvolvimento da cultura. Já o milho, castigado pelo tempo seco, tem 39% da área colhida até o momento.

fernando.soares@zerohora.com.br

FERNANDO SOARES – INTERINO

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *