CAMPO E LAVOURA | Brasil ainda mais líder

Dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) mostram que em 2019 o Brasil consolidou a posição de maior exportador mundial da proteína.

Os embarques tiveram crescimento tanto em volume quanto em receita. A quantidade de 1,9 milhão de toneladas representa aumento de 14,02% sobre o ano anterior. E os US$ 7,7 bilhões, crescimento de 16,7% na mesma comparação.

A China foi o principal destino, representando 26,7% do volume total exportado pelo Brasil e 35,1% da receita acumulada ao longo do ano. Completam a lista dos três principais compradores, a região administrativa especial da China, Hong Kong, e o Egito.

gisele.loeblein@zerohora.com.br

GISELE LOEBLEIN

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *