CAMPO E LAVOURA | Ainda é hora de segurar o passeio

Diante da percepção – e apesar da compreensão – do aumento do número de pessoas que aproveitam a ida às compras para passear com a família, a comissão feiras ecológicas de Porto Alegre entendeu que era hora de conscientizar. Está reforçando a orientação para que os consumidores voltem para casa após adquirirem os itens necessários (foto ao lado).

– A gente fica com dois corações. Porque adoramos ter o consumidor nas feiras. Mas o momento não é ainda para isso. É preciso se cuidar, para preservar o frequentador e o produtor – explica Elson Schroeder, assessor de comunicação da Associação Agroecológica.

A Capital tem nove feiras ecológicas em espaços públicos, sendo uma delas no pátio da Secretaria da Agricultura, no Bairro Menino Deus. Mesmo antes dos decretos estadual e municipal, vinham adotando medidas de prevenção à covid-19. E seguem com as determinações impostas pela legislação. As que ocorrem junto ao parque da Redenção, por exemplo, têm distanciamento ampliado, de 10 metros entre as bancas.

O uso da máscara tanto em quem trabalha quanto em quem compra é obrigatório. Os protocolos de segurança incluem higienização das mãos, evitar aglomeração, não tocar nos alimentos. Outra recomendação é escolher uma pessoa por família para fazer a feira e, depois, voltar para casa.

Schroeder reforça que, embora compreensível, o relaxamento da quarentena pode colocar o funcionamento desses espaços em risco:

– É uma ação é preventiva. Para preservar a saúde de todos.

GISELE LOEBLEIN

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *